Category Archives: No Escurinho do Cinema

No Escurinho do Cinema: His Girl Friday (1940)

Classificação: 9/10

Nomeações (1940): 0 (mas deviam ter sido pelo menos quatro)

Quando falamos de filmes que não tiveram o reconhecimento devido na altura em que foram lançados, pelo menos no que a prémios diz respeito, a rocambolesca comédia passada no mundo do jornalismo “His Girl Friday” terá de estar no topo de qualquer lista. Este clássico de Howard Hawks, hoje considerado uma das melhores comédias de sempre, não recebeu qualquer nomeação para os Óscares. Pelas minhas contas, ficou em falta, no mínimo, o reconhecimento como Melhor Filme, Melhor Realizador, Melhor Actor Principal (para o sempre charmoso Cary Grant) e Melhor Actriz Principal (para a inesquecível Rosalind Russell). Mas, independentemente da aclamação que teve ou não, o importante é o filme que fica. Neste caso, uma das divertidas comédias alguma vez realizadas e uma velocidade nos diálogos que faria até Aaron Sorkin perder o fôlego.

 

Pedro Quedas

Deixe um comentário

Abril 23, 2013 · 2:57 pm

No Escurinho do Cinema: When Harry Met Sally (1989)

Classificação: 10/10

Nomeações (1989): 1 (Melhor Argumento Original)

O filme que criou o modelo para a comédia romântica moderna é, ainda hoje, o mais perfeito exemplo da sua execução. A receita é simples (ainda que raramente repetida como deve ser): um duo de protagonistas carismáticos e com química nas cenas que partilham, bons diálogos e um equilíbrio adequado entre o humor e o romance. “When Harry Met Sally”, de Rob Reiner, usa os talentos de Billy Crystal e Meg Ryan de forma sublime para, em conjunto com o argumento nomeado para um Óscar de Nora Ephron, criar a mais brilhante comédia romântica de sempre e aproveitar para tecer alguns dos mais hilariantes mas verdadeiros comentários sobre a realidade das relações entre homens e mulheres. Bem, isso e como deixar a impressão certa junto dos outros clientes sentados ao nosso lado num café.

 

Pedro Quedas

Deixe um comentário

Abril 18, 2013 · 5:43 pm