Tag Archives: Oscar

Oscar Challenge 2013: Os grandes vencedores

Image

Contadas as categorias, somados os pontos e avaliados todos os parâmetros possíveis, o “Na Rota dos Óscares” já pode anunciar quem venceu o seu primeiro Oscar Challenge. Com 20 categorias correctas das 24 e um total de 130 pontos (em 166 possíveis), a grande vencedora é Inês Moreira Santos (que só por acaso até tem um blog de cinema que aconselho todos a visitarem).

Para além de acertar na grande maioria das categorias principais (só falhou no Actor Secundário e no Realizador), Inês Moreira Santos conquistou o prémio acima de tudo pela sua mira certeira em praticamente todas as categorias técnicas. O “Na Rota dos Óscares” estende-lhe os parabéns.

(Nota: os Óscares deste ano foram marcados por uma ocorrência rara – um empate, na categoria de Montagem de Som. Para efeitos do concurso, foi dada a pontuação completa a qualquer uma das duas respostas possíveis)

 

Classificação

1 – Inês Moreira Santos: 130 (20/24)

2 – Pedro Quedas: 124 (18/24)

3 – André Simões: 116 (18/24)

4 – Ana Figueiras: 110 (17/24)

5 – Paulo Correia: 108 (16/24)

6 – Pedro Silva: 104 (15/24)

7 – Maria Raposo: 102 (15/24)

8 – João Vieira: 100 (13/24)

9 – Marisa Figueiredo: 96 (15/24)

10 – Rebeca Venâncio: 94 (14/24)

11 – Nélia Silva: 80 (11/24)

12 – João Pedro Lobato: 78 (11/24) (4 Principais)

13 – Vera Monteiro: 78 (9/24) (4 Principais)

14 – Carlos Duarte: 74 (10/24)

15 – Rita Dantas: 70 (10/24)

16 – Pedro Xavier: 60 (9/24)

 

Factos e Curiosidades:

  • As duas categorias mais acertadas no concurso foram a vitória de Daniel Day-Lewis para Melhor Actor Principal e de “Amour” como Melhor Filme Estrangeiro. Todos os participantes acertaram nestas duas categorias.
  • As duas categorias que mais surpreenderam os concorrentes do Oscar Challenge 2013 foram Realizador e Direcção Artística. A inesperada vitória de Ang Lee só foi prevista por Vera Monteiro, enquanto que Pedro Silva foi o único a acertar que “Lincoln” iria sair vencedor na categoria de Direcção Artística.
  • A prestação dos concorrentes foi, de um modo geral, bastante positiva, com uma média geral de 14 categorias certas em 24. A pontuação média foi de 95 (em 166 possíveis).
  • Sendo que o concurso contou com um número igual de homens e mulheres, também é possível fazermos uma pequena “guerra dos sexos” interna. Nesta competição especial, o equilíbrio foi a norma, com a soma dos pontos dos homens a totalizar 764 pontos (em 1328 possíveis), para 760 das mulheres. Já as mulheres saíram no topo no número de categorias acertadas, com uma soma total de 111 (em 192 possíveis), para 108 dos homens.

Pedro Quedas

Anúncios

2 comentários

Filed under Em Análise

Na Rota dos Óscares: Oscar Challenge 2013

Image

Depois de mais de um mês a tentar ajudar os meus leitores a ter uma ideia mais concreta do que poderão vir a ser os grandes vencedores da corrida aos Óscares deste ano, parece-me justo que vos dê uma hipótese de testarem os vossos conhecimentos.

Está lançado o “Na Rota dos Óscares – Oscar Challenge 2013”!

Como participar?

É muito simples. Basta clicar neste link para fazer o download do formulário em PDF com todas as categorias:(http://dl.dropbox.com/u/1489326/OscarChallenge2013_RO%20form.pdf). Depois de guardarem o documento para o vosso computador, é só clicar nas vossas escolhas, guardar esse novo documento editado e enviá-lo para o mail oficial da competição: narotadososcares@gmail.com

Quais são as regras?

Para vencer este concurso, não chega acertar no maior número de categorias – tem muita importância acertar nas principais categorias, que têm um maior valor que as mais pequenas (exemplo: acertar no Melhor Filme vale 14 pontos, enquanto acertar nos Melhores Efeitos Visuais vale apenas 4 pontos). Quem tiver o maior número de pontos somados, ganha. Em caso de empate, ganha quem tiver acertado no maior número de “categorias principais”, assinaladas com o ícone de um Óscar à frente.

Até quando posso enviar as minhas escolhas?

Até ao momento exacto em que tiver sido entregue o primeiro prémio da noite, a 24 de Fevereiro.

E é isto, a bola está nas vossas mãos. Agora só vos resta sacar o formulário, enviar os vossos palpites e ver se me conseguem bater no meu próprio jogo (as minhas escolhas são publicadas neste blog a 22 de Fevereiro).

Boa sorte!

Pedro Quedas

NOTA: Como algumas pessoas têm tido problemas com o download do PDF, o “Na Rota dos Óscares” oferece esta solução alternativa. Assim, para quem não conseguir enviar o PDF, basta fazer copy/paste da lista que segue em baixo para um documento em Word, destacar a vossa escolha de algum modo (seja em bold, asterisco ou eliminando as outras hipóteses) e enviar-me esse documento para o mail oficial da competição. Muito obrigado pela atenção e boa sorte:

Melhor Filme (14 Pontos – Categoria Principal)

“Amour” / “Argo” / “Beasts of the Southern Wild” / “Django Unchained” / “Les Misérables” / “Life of Pi” / “Lincoln” / “Silver Linings Playbook” / “Zero Dark Thirty”

Melhor Actor Principal (12 Pontos – Categoria Principal)

Bradley Cooper, “Silver Linings Playbook” / Daniel Day-Lewis, “Lincoln” / Hugh Jackman, “Les Misérables” / Joaquin Phoenix, “The Master” / Denzel Washington, “Flight”

Melhor Actriz Principal (12 Pontos – Categoria Principal)

Jessica Chastain, “Zero Dark Thirty” / Jennifer Lawrence, “Silver Linings Playbook” / Emmanuelle Riva, “Amour” / Quvenzhané Wallis, “Beasts of the Southern Wild” / Naomi Watts, “The Impossible”

Melhor Actor Secundário (10 Pontos – Categoria Principal)

Alan Arkin, “Argo” / Robert De Niro, “Silver Linings Playbook” / Philip Seymour Hoffman, “The Master” / Tommy Lee Jones, “Lincoln” / Christoph Waltz, “Django Unchained”

Melhor Actriz Secundária (10 Pontos – Categoria Principal)

Amy Adams, “The Master” / Sally Field, “Lincoln” / Anne Hathaway, “Les Misérables” / Helen Hunt, “The Sessions” / Jacki Weaver, “Silver Linings Playbook”

Melhor Realizador (12 Pontos – Categoria Principal)

Michael Haneke, “Amour” / Benh Zeitlin, “Beasts of the Southern Wild” / Ang Lee, “Life of Pi” / Steven Spielberg, “Lincoln” / David O. Russell, “Silver Linings Playbook”

Melhor Argumento Original (10 Pontos – Categoria Principal)

Michael Haneke, “Amour” / Quentin Tarantino, “Django Unchained” / John Gatins, “Flight” / Wes Anderson e Roman Coppola, “Moonrise Kingdom” / Mark Boal, “Zero Dark Thirty”

Melhor Argumento Adaptado (10 Pontos – Categoria Principal)

Chris Terrio, “Argo” / Lucy Alibar e Behn Zeitlin, “Beasts of the Southern Wild” / David Magee, “Life of Pi” / Tony Kushner, “Lincoln” / David O. Russell, “Silver Linings Playbook”

Melhor Filme de Animação (8 Pontos)

“Brave” / “Frankenweenie” / “Paranorman” / “The Pirates! Band of Misfits” / “Wreck-It Ralph”

Melhor Filme Estrangeiro (8 Pontos)

“Amour”, Áustria / “Kon Tiki”, Noruega / “No”, Chile / “A Royal Affair”, Dinamarca / “War Witch”, Canadá

Melhor Fotografia (8 Pontos)

“Anna Karenina” / “Django Unchained” / “Life of Pi” / “Lincoln” / “Skyfall”

Melhor Montagem (6 Pontos)

“Argo / “Life of Pi” / “Lincoln” / “Silver Linings Playbook” / “Zero Dark Thirty”

Melhor Direcção Artística (6 Pontos)

“Anna Karenina” / “The Hobbit: An Unexpected Journey” / “Les Misérables” / “Life of Pi” / “Lincoln”

Melhor Guarda-Roupa (6 Pontos)

“Anna Karenina” / “Les Misérables” / “Lincoln” / “Mirror Mirror” / “Snow White and the Huntsman”

Melhor Caracterização (4 Pontos)

“Hitchcock” / “The Hobbit: An Unexpected Journey” / “Les Misérables”

Melhor Banda Sonora Original (6 Pontos)

“Anna Karenina” / “Argo” / “Life of Pi” / “Lincoln” / “Skyfall”

Melhor Canção Original (4 Pontos)

Before My Time, “Chasing Ice” / Everybody Needs A Best Friend, “Ted” / Pi’s Lullaby, “Life of Pi” / Skyfall, “Skyfall” / Suddenly, “Les Misérables”

Melhor Mistura de Som (4 Pontos)

“Argo” / “Les Misérables” / “Life of Pi” / “Lincoln” / “Skyfall”

Melhor Montagem de Som (4 Pontos)

“Argo” / “Django Unchained” / “Life of Pi” / “Skyfall” / “Zero Dark Thirty”

Melhores Efeitos Visuais (4 Pontos)

“The Hobbit: An Unexpected Journey” / “Life of Pi” / “Marvel’s The Avengers” / “Prometheus” / “Snow White and the Huntsman”

Melhor Documentário (2 Pontos)

“5 Broken Cameras” / “The Gatekeepers” / “How to Survive a Plague” / “The Invisible War” / “Searching for Sugar Man”

Melhor Documentário, Curta-Metragem (2 Pontos)

“Inocente” / “Kings Point” / “Mondays at Racine” / “Open Heart” / “Redemption”

Melhor Curta-Metragem, Animação (2 Pontos)

“Adam and Dog” / “Fresh Guacamole” / “Head over Heels” / “Maggie Simpson in ‘The Longest Daycare’” / “Paperman”

Melhor Curta-Metragem, Live Action (2 Pontos)

“Asad” / “Buzkashi Boys” / “Curfew” / “Death of a Shadow (Dood van een Schaduw)” / “Henry”

6 comentários

Filed under Em Análise